Energia limpa. Se você ainda não a conhece, é melhor se informar sobre e, se ainda não a usa, saiba que ainda precisará dela. Cada vez mais aumenta no mundo a geração e o consumo de energia das chamadas fontes renováveis: solar (fotovoltaica), dos ventos (eólica) e de biomassa.

Esse crescimento ocorre também no Brasil, onde, até há algum tempo, só se falava basicamente em geração de energia por hidrelétricas, devido à quantidade de recursos hídricos, que não são mais tão abundantes, ocorrendo a redução do nível dos reservatórios e com ela, o aumento de custo da produção e a necessidade de busca de outras fontes de geração.

 

A expansão em ritmo acelerado é verificada no mercado de energia eólica, que começou a ser gerada no país há menos de 10 anos. O Brasil teve um grande feito no setor: com uma capacidade instalada de aproximadamente 13 mil megawatts (MW), o país alcançou o oitavo lugar no ranking mundial e ultrapassou países desenvolvidos como o Canadá e Itália. Atualmente, os ventos respondem por 8,2% de toda a energia gerada. O Ministério de Minas e Energia prevê uma expansão de 125% até 2026, quando praticamente um terço da energia brasileira virá dos ventos (28,6%).

Assim como a energia dos ventos, mais barata e sem causar danos ao meio ambiente, a energia solar voltaica está em franco crescimento. Minas Gerais também se destaca no setor como a unidade da Federação que mais recebe investimentos em megausinas solares. Também é o estado com maior quantidade de sistemas de microgeração e minigeração distribuída solar fotovoltaica, aqueles em que o próprio consumidor gera a energia consumida com painéis solares instalados em telhados ou outros espaços de residências, comércios, indústrias, edifícios públicos, fazendas e sítios.

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Minas Gerais tem liderança folgada na geração distribuída de energia solar, daqueles sistemas em que o próprio consumidor produz a energia, instalados em residências, comércios, prédios, indústrias e propriedades rurais. Minas tem uma capacidade instalada de 37,9 megawatts de geração distribuída, bem à frente do segundo colocado, o Rio Grande do Sul, com 26 megawatts.

O estado também se destaca na geração de energia por usinas de grande porte, as usinas solares fotovoltaicas de geração centralizada, conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN), por meio de leilões promovidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Minas ocupa o terceiro lugar no ranking nacional, com uma capacidade instalada de 231MW, sendo superado pela Bahia (342,2MW) e pelo Piauí (270MW). Ao total, a capacidade instalada de geração de energia solar voltaica do território mineiro é de 268,9MW.

Por outro lado, o presidente da Absolar enfatiza que a tendência é que Minas, em pouco tempo, deverá assumir a ponta também na geração de energia solar por usinas de grande porte, pois o estado já tem contratados cerca 430MW de usinas que ainda vão entrar em operação.

Rodrigo Sauaia, presidente-executivo da Absolar, afirma que o território mineiro alcançou grande desempenho na geração de energia solar fotovoltaica por vários fatores. “São três vantagens principais. Primeiro, a irradiação solar do estado. Depois, as pessoas investem na geração de energia solar por conta da alta tarifa da energia. Além disso, um aspecto importante é que o estado tem uma legislação que incentiva os investimentos em energia, inclusive, com isenção de ICMS para a geração de energia fotovoltaica de até 5MW”, comenta.

Para João Paulo Palmieri, analista do Serviço de Apoio à Pequena e Média Empresa (Sebrae Minas), para a indústria, a energia solar em Minas tem a expectativa de crescer como negócio atrativo. “A energia solar tem um ambiente adequado para sua disseminação em Minas Gerais, pela irradiação solar, pela sustentabilidade e economia que oferece aos consumidores e também pelos incentivos governamentais oferecidos ao setor”, assegura Palmieri.

Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/01/22/internas_economia,932501/energias-renovaveis-avancam.shtml

 

REDES SOCIAIS

Contato


Av. Barão do Rio Branco, 3053, 15 Andar
Centro | Juiz de Fora -MG |
Cep: 36010-012
Telefone:(32) 3082-8464
Whatsapp:(32)9 9123-1555
[email protected]

Localização